quinta-feira, 21 de março de 2013

Be Free


O que há de errado comigo? Sempre me pergunto isso e nunca encontro a resposta. Eu não sei, algumas pessoas me olham diferente, me olham como se eu fosse maluca, falam coisas de mim, mas o caso é, nem eu mesma me conheço. 
É difícil você andar por ai com medo de ser você mesmo. Eu odeio a realidade, eu procuro abrigo em filmes, livros e contos de aventura, em mundos inexistentes nesse mundo, mas sim, na minha imaginação. Mundos com magia, aventuras, medieval, guerreiros, reis, rainhas, criaturas mágicas, tudo o que eu sempre quis. Minha mãe diz que sou iludida, infantil, infelizmente ela tem razão, mas ela não me entende, ninguém entende. 
Eu procuro ser melhor TODOS OS DIAS, mudar alguma coisa em mim, meu jeito de ser, de agir, achando que tudo ao meu redor vai mudar também, eu ainda estou me procurando, me descobrindo... É por isso que gosto tanto de alguns personagens quando me identifico, eu penso "essa sou eu, aí estou como eu sou, aí está o meu espírito!". Eu tenho a expectativa de que tudo algum dia vai ser como eu quero, uma grande aventura.
Eu disse para a minha mãe que eu estava cansada da rotina da minha vida, sempre no mesmo lugar, as mesmas coisas, as mesmas pessoas, eu quero emoção, aventuras, eu quero uma vida, um ciclo diferente, não o do "NASCER, CRESCER, ESTUDAR, SE FORMAR, TRABALHAR, TRABALHAR, TRABALHAR E MORRER", eu não quero isso, eu não quero ficar atrás de uma mesa, ou obedecendo ordens de um marido ou cuidando de uma cozinha, essa absolutamente não sou eu, nunca será. Minha mãe disse que infelizmente essa é a realidade e que esse meu desejo é só uma fase... Eu não quero que seja uma fase, eu não quero. É triste ver pessoas com os bolsos cheios e corações vazios hoje em dia, ver pessoas correndo atrás de dinheiro, engravatados e carrancudos, pessoas que perderam seus sonhos de infância, seus desejos, pessoas que perderam sua identidade, eu não quero ser uma delas. Eu quero explorar os mares, as florestas, descobrir espécies novas, viajar, correr à cavalo, escavar, ir para o Tibete, praticar arco e flecha, esgrima, kung fu, correr pelas muralhas da China, criar roupas, tirar fotos, estudar o universo, visitar lugares antigos e exóticos, eu quero fazer todo o dia algo diferente, eu quero ser livre, livre pra ser o que eu quiser, livre pra fazer o que eu quiser, eu não quero rotina, eu não quero ordens, leis, regras, ensinamentos, eu quero aventuras, emoção, o impossível, tocar o céu, mergulhar no oceano profundo, aprender, ensinar, pesquisar, descobrir, criar, inovar... As vezes me sinto presa à aqui, me sinto insegura, me sinto mal, me sinto perdida, eu não quero mais sentir isso, eu quero ser eu, sem medo, sem arrependimentos, sem nada além de ser eu e meu espírito de liberdade.
As vezes me sinto presa à aqui, me sinto insegura, me sinto mal, me sinto perdida, eu não quero mais sentir isso


0 comentários:

Postar um comentário