terça-feira, 29 de abril de 2014

Máquinas Humanas da Evolução

 A evolução é um fato imprescindível e irrefutável, continuamos a evoluir, assim como evoluíamos há mais de 2 mil anos atrás, 10 mil anos atrás, 100 mil anos atrás, talvez nosso corpo responda em um processo mais lento, mas a nossa mente evolui com uma velocidade veemente. Negar a evolução e afirmar que o homem está predestinado aos mesmos pensamentos atuais, formas de vida atuais e tecnologias atuais é negar a natureza do homem, é negar a inteligência e a capacidade, é negar o processo de conhecimento que o homem adquiriu até hoje e ainda adquire. Evolução não é um problema, pelo contrário, evoluímos para nos adaptarmos, para adquirirmos uma vida melhor, evoluímos para descobrirmo-nos, conhecermo-nos, evoluímos e criamos a nossa evolução, da nossa evolução vieram as nossas tecnologias, desde livros até supercomputadores, desde cartas até celulares, desde lupas até grandes telescópios. A evolução é algo maravilhoso, magnífico, belo, mas ao mesmo tempo, é algo que me assusta. Tem a evolução que vem por meio de causas naturais, por fatores da natureza, irreversíveis, e tem a evolução que é obra do próprio homem, a criada, a planejada, raciocinada. Hoje em dia muitas coisas irreversíveis tornaram-se de fácil manipulação para a mente humana (dependendo de tecnologias etc), encontramos soluções para a maioria dos nossos problemas, desde doenças, trabalho braçal, problemas climáticos etc, o quão isso é maravilhoso?! É sim, temos mais segurança, mais tempo livre, menos trabalho para realizar feitos complexos, desde calculadoras para as contas matemáticas até grandes fábricas ou máquinas agrícolas. Enquanto as máquinas evoluem, de certas formas o homem regrede, acomodamo-nos em nossas poltronas, enquanto somos substituídos por objetos que realizam as nossas tarefas. Uma mensagem no whatsapp substituiu a saudação amigável e o abraço corriqueiro, e isso é só um exemplo minucioso. As máquinas irão substituir o nosso intelecto? O que eu quero dizer, é que estamos acomodados, parece que estamos regredindo na nossa própria evolução, o homem está tão confortável que sente apatia ao pensamento evolucionista e racionalista... Está tudo muito fácil, como dizem alguns, "mas não era esse o objetivo, facilitar a nossa vida?", sim, porém, essa facilidade está em excesso, regredimos no quesito pensar por livre arbítrio, os que têm uma calculadora na mão, dificilmente tentarão resolver contas de cabeça, por mais simples que elas possam ser, e obviamente esse foi o objetivo da calculadora, mas com isso ignoramos nossas capacidades, desprezamos nosso intelecto e subestimamos nossa inteligência. Esses dias me deparei com certo comentário que me deixou alarmada: "Não há mais nada para se criar, não precisamos de mais nada, já criaram tudo que precisávamos", e este é o pensamento de um ser acomodado pela nossa "evolução", deixar de criar é a mesma coisa que deixar de imaginar, de especular, de questionar, de pensar... É simplesmente aceitar e acomodar-se, isso é regressão, não evolução. Há exceções, sim, com certeza, mas eu temo que esse pensamento se propague cada vez mais, pois ele está tendencioso, a cada dia vejo mais pessoas dependentes de máquinas, que acorrentam-se à própria criação. Onde estão os jovens brilhantes? Onde estão pessoas que questionam-se? Que especulam? Que dedicam-se? Que importam-se? Brilhantismo não é ser bom em matemática (apenas), muitos gênios são simplesmente pessoas racionais e interessadas, curiosas, mas pelo meu ver, parecem-me escassos. Sei que eles existem, porém estão escondidos, ou não são valorizados, e nesse mundo atual, o que é desvalorizado perde a importância e com o tempo, cessa. São grandes artigos para mortes, acidentes, injustiças, assaltos, estupros, e pequenas colunas para destacar a benignidade ou a capacidade intelectual do ser humano, e não estou colocando a culpa na revista/jornal, mas sim, coloco a real causa na humanidade atual.
 O heliocentrismo fora comprovado há muito tempo, fisicamente, porém, alguns humanos ainda pensam que a o mundo gira ao seu redor, ao seu favor. O que esperar de um homem que valoriza mais o seu bolso do que a própria vida?
 A racionalidade é uma dádiva da vida, da evolução, do cérebro humano, usem-na, questionem-se, não acomodem-se, boicotem a alienação, a pseudociência, a manipulação, especulem! O ser humano tornou-se capaz de modificar até as "estruturas" mais complexas da natureza, então você é capaz de modificar o seu futuro, faça a evolução.
 Que as máquinas nunca substituam o brilho nos olhos de uma criança sonhadora, a imaginação, ou a capacidade racional do ser humano sapiente. Torço que, algum dia, o homem que está demasiado ocupado olhando seu relógio, olhe para cima, observe as estrelas e compreenda a sua humildade, que mesmo tão pequeno e insignificante nessa imensidão, possa ser ainda, um grande homem para a humanidade habitante deste pálido ponto azul.

0 comentários:

Postar um comentário