domingo, 6 de julho de 2014

Vontades Atordoadas

Vida
É mais do que se pensa
É mais do que se quer
Mais do que se almeja
Mais do que se crê.
Vida é um ciclo contínuo
De desejos 
De insatisfações
De expectativas
E de medos.
Aquilo que não se pode ter
Torna-se a mais deliciosa necessidade
De uma vida insatisfeita
Pela verdade.
Na vida mora
O prazer
Nutrido
Pela vontade.
Cego o homem por seus desejos
Vive uma vida de ilusões
E de empregos
Que pagam as dívidas da vida
Em prestações
Em um confortável desassossego.
Perecem os desejos
Nunca realizados
Com a alma do homem
Nunca satisfeito
Mas sempre obstinado
Pelas vontades irrealizáveis
Que o deixam docilmente
Atordoado. 

0 comentários:

Postar um comentário