domingo, 28 de janeiro de 2018

Poema de Prantos

choro por estar mal
choro quando não consigo ficar mal
choro quando não me sinto mais mal
choro quando acaba meu sal
choro quando estou feliz
choro quando não sinto nada
choro quando me falam que não existem as fadas
choro quando dizem que choro demais
choro ainda mais quando dizem que chorar faz bem
choro pela minha alma que esborda
choro sem medo, eu choro
porque nesse mundo de lágrimas congeladas
prefiro um coração aquecido que transborda


0 comentários:

Postar um comentário